Veja Como Receber O Auxílio Emergencial E FGTS Em Dinheiro

0

O pagamento do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 está ocorrendo em conta poupança social da Caixa. Mas o calendário e saque e transferência começa depois.

Os dois calendários para saque são criados de acordo com o mês de nascimento de cada pessoa e dependendo do mês, a pessoa pode esperar por até três meses para que o saque em espécie seja liberado.

No entanto, algumas empresas de tecnologia possibilitam que a pessoa tenha o Auxílio Emergencial em mãos antes do segundo calendário. E entre as empresas podemos citar: Nubank, Mercado Pago, PicPay e C6 Bank.

As pessoas que possuem conta nessas empresas podem transferir o Auxílio Emergencial para efetuar saques. O Governo disse que os dois calendários foram feitos para evitar aglomerações.

Vale salientar que enquanto o Auxílio Emergencial de R$ 600 e o FGTS de até R$ 1045 estiverem na conta poupança social da Caixa Econômica, os valores poderão ser usados para realizar compras pelo cartão de débito virtual ou ainda para realizar pagamento de boletos.

Na prática, quando um pagamento de boleto é efetuado, o valor do Auxílio Emergencial pode ser transferido para uma conta dessas empresas citadas acima. E assim é possível fazer transferências e ou realizar saques.

Veja também:

E quem pode receber o Auxílio Emergencial?

auxílio emergencial

O projeto do Auxílio Emergencial altera uma lei do ano de 1993, que é a respeito da organização da assistência social do Brasil. Segundo o texto, durante três meses será concedido o Auxílio Emergencial pelo período de três meses ao trabalhador brasileiro que cumpras os seguintes requisitos:

– Seja maior de idade;

– Não possua emprego formal;

– Que não seja em hipótese alguma titular do beneficio assistencial ou previdenciário, como seguro desemprego ou programa de transferencial de renda federa, a exceção é o Bolsa Família;

– A renda mensal por pessoa deve ser de até meio salário mínimo ou a renda familiar deve ser de até três salários mínimos;

– Em 2018 não pode de forma alguma ter recebido rendimentos tributáveis com valores acima de 28.559,70.

O Texto do Auxílio Emergencial ainda diz que o trabalhador deve exercer as seguintes atividades:

– Ser MEI – Micro Empreendedor Individual, ou

– Contribuinte de forma individual do Regime Geral de Previdência Social, que seja trabalhador por conta própria;ou

– Trabalhador autônomo ou informal que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais até o dia 20 de março de 2020 ou ainda que se encaixe dentro dos critérios de renda familiar mensal citados acima.

auxílio emergencial

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.