Previdência Quer A Volta De Perícia Nas Agências Do INSS

0

Os agendamentos das perícias nas agências do INSS estão autorizados a partir dessa quinta, dia 17/09, sendo possível realizar o agendamento em 92 unidades do INSS (menos no Rio de Janeiro). A liberação ocorreu depois que inspeções foram realizadas.

O Governo está afirmando que se os peritos do INSS não voltarem a trabalhar terão seus pontos cortados.

No entanto, os médicos dizem que não reconhecem as inspeções realizadas e que não estão se importando com essa ameaça.

O INSS tem realizado inspeções nas salas que são usadas para atendimento da perícia médica pelo país com a ideia de saber se o local está apto ou não para a volta dos exames de forma presencial. Porém, os peritos não consideram essa inspeção válida, ou melhor, legítima e dizem que não ha condições para a voltar a trabalhar.

A ANMP (Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais) disse que não chamada para acompanhar as vistorias, que foi realizada em algumas agências do país nesta terça (15) e quarta (16).

Ela afirma que foi convidada para acompanhar uma inspeção que tinha sito realizada anteriormente pelo INSS e que essa inspeção não poderia ter sido realizada.

Vistoria será apenas quando a SPMF (Subsecretaria da Perícia Médica Federal), que detém o conhecimento técnico o conhecimento técnico, for demandada para verificar as agências com a lista de checagem original usada na semana passada, feita de comum acordo entre a categoria e o governo, e que foi ardilosamente adulterada pelo Presidente do INSS e o Secretário de Previdência para promover uma farsa pública perante a nação. Vidas humanas tem que ser respeitadas. O direito à vida e a segurança sanitária dos servidores, usuários do INSS e cidadãos em geral são itens inegociáveis”, disse a associação em nota.

Ameaça de corte do ponto dos peritos do INSS

INSS

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho disse que os peritos estão sendo informados sobre a liberação dos consultórios nas agências do INSS e também estão sendo informados sobre a reabertura das agendas para que as perícias sejam marcadas. E caso algum perito que esteja apto para voltar ao trabalho não volte sem alguma explicação, haverá corte de ponto, afirma a pasta.

Conflito desde início do mês

A associação que representa a classe médica de peritos disse que já tinha sido feitas inspeções anteriores nos dias 8 e 9 de setembro, com a presença dos peritos e dos representantes do INSS e que quase nenhuma agência do INSS que tinha sido vistoriada estava apta para que as avaliações médicas pudessem voltar. Vale salientar que essas avaliações seriam para os segurados que precisam aposentadoria por invalidez, auxílio-doença ou ainda o Beneficio de Prestação Continuada (BPC/LOAS).

Os peritos dizem que não existe ventilação adequada, que não existem equipamentos individuais para que haja uma análise clínica dos segurados com segurança e que os equipamentos de segurança não têm procedência e nem validade e outros problemas.

Veja também: 

Previdência e INSS se defendem

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e o INSS disse que os representantes da Perícia Médica Legal foram chamados para poder acompanhar as inspeções e não apareceram.

E por causa disso, as pericias mais recentes foram realizadas pelas autoridades competentes do INSS.

No SITE DO INSS mais informações podem ser conseguidas ou pelo telefone de contato: 135.

INSS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.