Última Parcela Do FGTS Será Paga Nesse Mês – Confira

0

O FGTS Emergencial terá seu cronograma de pagamento encerrado no próximo dia 21 de setembro. E de acordo com o calendário criado pela Caixa Econômica, as pessoas que fazem aniversário em dezembro terminarão o lote de depósitos digitais do FGTS.

E para esse grupo, o pagamento do FGTS Emergencial será realizado pelo Aplicativo Caixa Tem e seu saque estará disponível a partir de 14 de novembro de 2020. Confira mais detalhar a seguir.

O pagamento do FGTS Emergencial começou a ser realizado desde o mês de junho e já movimentou milhões na economia brasileira.

E o saque do FGTS permite que a pessoa saque até R$ 1.045 do seu fundo de garantia para poder enfrentar a pandemia do coronavírus.

E como receber o FGTS?  

FGTS

Para receber o valor, o cidadão precisa ficar de olha as regras de pagamento. De forma inicial, a Caixa Econômica tem feito os pagamentos através do Poupança Digital da Caixa (Aplicativo Caixa Tem). Nesse caso, é necessário instalar o Aplicativo no celular Android ou IOS. Dessa forma, depois de instalar e feito o cadastro, as transações estarão liberadas.

E para que o registro tenha validade, o número do celular do segurado deve ser cadastrado e assim vai um código será recebido para que seja autorizado o acesso a carteira digital. Depois disso, os pagamentos poderão ser efetuados, compras on-line também estarão permitidas pela leitura do QR Code e o cartão de débito digital também poderá ser utilizado para realizar compras em sites.

Vale salientar que depois desses procedimentos, os saques estarão permitidos depois do período de 30 e 50 dias.

E depois que o saque do FGTS estiver liberado, o cidadão poderá se dirigir até uma agência da Caixa ou poderá transferir o dinheiro para uma conta que ele seja titular. Além disso, é muito importante entender que o saque ou o TED será permitido de acordo com a quantia que está disponível no Aplicativo Caixa Tem.

O FGTS Emergencial não é obrigatório  

Se a pessoa não quiser o FGTS Emergencial, ela deve informar a Caixa Econômica que não deseja a transferência. E para isso, basta entrar em contato com a Caixa 10 dias antes do deposito no Aplicativo Caixa Tem.

Ah, outra opção disponível para não receber o FGTS Emergencial é entrar em contato pelo Aplicativo do FGTS e falar com a atendente virtual solicitando o não recebimento.

E se o cidadão já tiver recebido o FGTS Emergencial, basta não mexer no valor até o dia 30 de novembro, que o FGTS será devolvido para o Fundo de Garantia. Vale salientar que o valor deverá passar por reajustes de acordo com as taxas de juros, mas não haverá modificações diretas.

Consulta do saldo do FGTS

Para quem tiver duvida sobre o saldo do FGTS e assim poder definir se será necessário ou não usar o benefício, é possível realizar a consulta pela internet. Para isso, basta acessar o Aplicativo do FGTS e assim se conectar pelo número do CPF.

Acessando a plataforma é possível saber todos os valores que estão retidos na conta, podendo ser ativa (atual emprego) ou inativa (emprego antigo). Para terminar, é importante entender que o saque do FGTS no valor de R$ 1.045 só poderá ser realizado pelas pessoas quem tem saldo igual a superior a R$ 1.045.

Veja também:

Calendário de deposito e saque do FGTS Emergencial

O cronograma de pagamento foi criado de acordo com a data de nascimento dos segurados e sua divisão se dá em dois momentos.

O primeiro momento é sobre o envio do FGTS ao Aplicativo Caixa Tem e o segundo é a permissão do saque e transferência.

Confira a tabela do FGTS Emergencial:

Nascimento – mês FGTS na conta Saque e/ou transferência
Janeiro 29 – junho 25 – julho
Fevereiro 06 – julho 08 – agosto
Março 13 – julho 22 – agosto
Abril 20 – julho 05 – setembro
Maio 27 – julho 19 – setembro
Junho 03 – agosto 03 – outubro
Julho 10 – agosto 17 – outubro
Agosto 24 – agosto 17 – outubro
Setembro 31 – agosto 31 – outubro
Outubro 08 – setembro 31 – outubro
Novembro 14 – setembro 14 – novembro
Dezembro 21 – setembro 14 – novembro

Pelo SITE DA CAIXA, você trabalhador, encontra mais informações sobre o FGTS ou ainda pelos telefones de contato: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

FGTS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.