Você Sabe O Que É Cadastro Único E Quais Os Programas Sociais Que Ele dá Direito?

0

O Cadastro Único é um banco de dados sobre as famílias brasileiras que nele estarão as informações para que o Governo Federal, estados e municípios identifiquem quais os Programas Sociais elas poderão participar.

A finalidade do Cadastro Único é atender as famílias brasileiras que estão em situação de pobreza e extrema pobreza para que elas através de algum Programa Social possam ter uma melhor condição de vida com estudo, alimentação e oportunidade de emprego. De forma geral, sua ideia é fazer com que as pessoas participem de forma mais ativa na sociedade, ou seja, é inclusão social.

Bem, e para se inscrever no Cadastro Único existem duas categorias que as famílias poderão se encaixar:

1 – Famílias que ganhar até meio salário mínimo por pessoa

2 – Famílias que possuem até 3 salários mínimos total de renda mensal

Vantagens do Cadastro Único

cadastro único

Bem, como falamos acima, através do Cadastro Único diversas famílias brasileiras terão acesso aos Programas Sociais como meio para se inserirem de uma melhor forma na sociedade. Mas os benefícios são ainda maiores, confira:

  • Participação em diversos Programas Sociais
  • Maior possibilidade de ter acesso à educação
  • Maior possibilidade de ter acesso à alimentação
  • Maior inclusão social

Vale salientar que a inscrição no Cadastro Único é uma condição obrigatória para ter acesso a algum Programa Social.

E como se inscrever no Cadastro Único?

Todos os anos, os municípios realizam visitas para entender a real situação da família brasileira de baixa renda para poder efetuar o cadastro. De toda forma, a família que se encaixa nos requisitos do Cadastro Único para cadastramento devem o procurar o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do município onde reside.

E ao solicitar algumas dicas importantes podem ser seguidas:

1 – Nomear uma pessoa da família para que ela possa responder as perguntas para realização do cadastro. Vale salientar que essa pessoa deve fazer parte da família, morar na mesma casa e ter idade mínima de 16 anos.

2 – O responsável nomeado pela família deve, de preferência mulher, deve ter Titulo de Eleitor e CPF.

3 – Exceto: para as famílias que são quilombolas e indígenas, os documentos apresentados podem ser um dos descritos abaixo. Não há necessidade de ser o CPF ou Título de Eleitor.  Deve ainda apresentar um documento de todos os componentes da família.

  • Certidão de Casamento
  • Certidão de Nascimento
  • CPF
  • RG (Carteira de Identidade)
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI)
  • Título de Eleitor; ou
  • Carteira de Trabalho

Ah, outra dica importante é levar um comprovante de endereço (água e luz) para usar no momento da inscrição do Cadastro Único. Mesmo não sendo obrigatório, vai ajudar no preenchimento do endereço.

Após realizar a inscrição da família no Cadastro Único, é muito importante manter os dados atualizados.

Isso significa dizer que sempre que houver uma alteração na família, a pessoa responsável deve imediatamente procurar o CRAS e avisar sobre essa alteração. E, essas alterações podem ser as seguintes:

– Nascimento de um filho

– Mudança de trabalho ou de casa

– Quando alguém não for mais morar na residência

E quais são os Programas Sociais que o Cadastro Único dá direito?

cadastro único

Bem, como já dissemos anteriormente, o Cadastro Único dá acesso a diversos Programas Sociais de uma forma mais simplificada.

  • Programa Brasil Carinhoso
  • Carteira do Idoso
  • Fomento (Programa de Fomento às Atividades Rurais)
  • Aposentadoria para pessoas de baixa renda
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos
  • Bolsa Verdade (Programa de Apoio a Conservação Ambiental)
  • Programa Social Bolsa Família
  • Minha Casa, Minha Vida
  • Programa de Cisternas
  • Passe Livre para pessoas que possuem deficiência
  • Carta Social
  • Telefone Popular
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • Pro Jovem Adolescente

Para quem tem acesso ao Bolsa Família, é muito importante manter sempre o cadastro atualizado para que os membros participantes do programa continuem sendo contemplados. Vale salientar que a falta de informações ou a falta de novas informações podem resultar no cancelamento ou no bloqueio.

Veja também:

+ Saiba como se inscrever no Bolsa Família. 

E posso consultar o registro do Cadastro Único pela internet?

Bem, para facilitar ainda mais a vida das pessoas existe a possibilidade de consultar o Cadastro Único pela internet. O SITE Consulta Cidadão é uma das principais ferramentas de consulta.

Nesse caso, se você quiser checar como anda sua situação no programa ou ainda quer saber mais sobre ele, é muito simples.

1 – Acesse o site Consulta Cidadão

2 – Preencha o formulário

3 – Emissão

Existe ainda o APP do Cadastro Único. Nesse caso, é necessário baixa-lo e ele também o possui o nome Consulta Cidadão e realizar os mesmos passos que foram ditos acima.

Inclusive, existe ainda a possibilidade de consultar pelo telefone, sendo que o usuário deve estar com o documento de identidade em mãos: 0800 707 2003.

Mais sobre o Cadastro Único

Agora que você já viu que o Cadastro Único é de extrema importância e quer solicitar, o site da Caixa está à disposição. Além disso, existem os telefones disponíveis.

– 0800 726 0207.

– 0800 726 0101 – SAC.

– 0800 725 7454 – Ouvidoria.

cadastro único

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.